+A  | -A  |  

Governo do Piauí decreta medidas mais rígidas para o final de semana

Para contribuir com os índices de isolamento social e combate ao novo coronavírus, o município de Teresina antecipou o feriado do dia 8 de dezembro para a próxima sexta-feira (22). O Governo do Estado também decretou medidas para os dias 22, 23 e 24 de maio para fortalecer ações de enfrentamento à Covid-19. O Piauí tem hoje 2.852 casos confirmados da doença e já apresenta 73% de ocupação de leitos clínicos e 57% de ocupação dos leitos de UTI. Veja aqui o novo decreto estadual.

Sábado (23), ficam garantidos o funcionamento de:

– Farmácias, drogarias e serviços de saúde
– Mercados, supermercados, panificadoras e padarias
– Postos de combustível e borracharias
– Serviços de delivery
– Segurança e vigilância
– Pontos de alimentação localizados às margens de rodovias
– Serviços de transportes de cargas
– Serviços bancários exclusivos para pagamento de auxílio emergencial, benefícios sociais e autoatendimento
– Atividades agrícolas e agroindustriais.

Domingo (24), poderão funcionar apenas:

– Farmácias, drogarias e serviços de saúde
– Imprensa
– Serviços de segurança e vigilância
– Serviços de delivery exclusivamente para alimentação e serviços de autoatendimento bancário
– Borracharias, postos de combustíveis, pontos de alimentação localizados às margens de rodovias, serviços de transporte de cargas e atividades agrícolas e agroindustriais

Os serviços de transporte intermunicipal de passageiros na modalidade rodoviário, classificados como convencional, alternativo, semiurbano e/ou fretado, ficarão suspensos na sexta, sábado e domingo, iniciando a suspensão a partir das 24h do dia 21 de maio até as 24h do dia 24 de maio.

Para o governador Wellington Dias, estas são ações importantes neste momento em que é necessário diminuir casos para não colapsar a rede de saúde. “O município de Teresina sancionou um projeto aprovado pela Câmara Municipal estabelecendo que o feriado do dia 8 de dezembro fosse antecipado para esta sexta-feira (22). Em razão disto, tomamos a iniciativa de colocar em validade algumas ações a partir de decreto. O objetivo é ampliar o isolamento social estabelecendo as atividades essenciais que estarão em funcionamento. Com isso nós queremos reduzir a transmissibilidade do coronavírus e evitar colapso na nossa rede de saúde”, enfatizou.

Segundo o chefe do executivo, é importante que o isolamento social deste final de semana chegue a 55%. “ Queremos atingir um isolamento social na casa de 55% da população. Isso reduz a propagação do coronavírus e garante as condições de nossa rede de saúde de suportar todos os casos confirmados”, declarou Wellington Dias.

Nesta quinta-feira (20), o governador prorrogou por mais 17 dias o Decreto nº 18.901 que ficará válido até dia 7 de junho.