+A  | -A  |  

Piauí tem o 2º menor rendimento médio do país, aponta IBGE

Os habitantes do Piauí que possuem algum rendimento, considerando todas as fontes de renda, ganham, em média, R$ 1.399 mensais. O valor é o segundo menor entre os estados do país, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado foi obtido por meio do módulo “Rendimento de Todas as Fontes”, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) 2020.

Apenas o Maranhão possui rendimento inferior ao do Piauí: por lá, a população tem ganhos habituais de, em média, R$ 1.270 mensais. O maior valor é o do Distrito Federal, que tem média de R$ 3.974 mensais, ou seja, 184% a mais que o Piauí. No Brasil, o valor médio é de R$ 2.213, cerca de 58% superior à média piauiense.

 

Em comparação ao ano de 2019, o Piauí caiu de posição. Na época, o estado possuía o terceiro menor rendimento (R$ 1.385), superando o Alagoas (R$ 1.348) e o Maranhão (R$ 1.223). Em 2020, o Piauí foi ultrapassado por Alagoas, que teve rendimento médio mensal de R$ 1.427.

Rendimento médio mensal real da população residente com rendimento, por tipo de rendimento
Variável – Rendimento médio mensal real da população residente com rendimento, a preços médios do ano (Reais)
Tipo de rendimento Brasil e Unidade da Federação x Ano
Brasil Piauí
2019 2020 2019 2020
Todas as fontes 2.220 2.213 1.363 1.399
Habitualmente recebido em todos os trabalhos 2.292 2.447 1.371 1.403
Outras fontes 1.483 1.295 983 1.024
Aposentadoria e pensão 1.959 1.919 1.573 1.616
Aluguel e arrendamento 1.656 1.622 957 877
Pensão alimentícia, doação e mesada de não morador 626 646 361 390
Outros rendimentos 585 678 378 642
Fonte: IBGE – Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua